Notícias e Eventos

A etapa de registro do PIX foi antecipada! O que o Pix representa para o seu negócio

A etapa de registro do PIX foi antecipada e o início do processo de registro de chaves de endereçamento, já está disponível desde o dia 05/10, para que os clientes das instituições financeiras possam registrar suas “chaves” para receber pagamentos pelo PIX.

Mas o que a antecipação do registro do PIX, feita pelo Banco Central (BACEN), representa para as empresas e clientes da nova plataforma de pagamento brasileira?

A etapa de registro do PIX não significa que a solução já esteja disponível para realizar as transações financeiras previstas pela solução, mas antecipa uma etapa importante do processo. Apesar desse adiantamento, o lançamento do Pix para toda a população permanece prevista para 16 de novembro.

De acordo com o BACEN, o Pix vai reduzir o custo das instituições participantes. Na forma em que foi criado, o PIX reduz a necessidade de intermediários em uma transação financeira. Portanto, não há tarifa de intercâmbio nem ressarcimento entre as instituições participantes.

Além disso, o PIX não visa lucro, desta forma, os valores a serem cobrados das instituições financeiras participantes têm apenas por objetivo ressarcir os custos do BC. A remuneração do BC será de R$ 0,01 a cada dez transações liquidadas.

No caso das pessoas jurídicas, as instituições financeiras e de pagamento que ofertarem o Pix poderão cobrar tarifas tanto do cliente pagador quanto do recebedor. Ademais, com o objetivo de viabilizar o surgimento de novos modelos de negócio, poderão ser cobradas tarifas pela prestação de serviços agregados à transação de pagamento.

O pagamento em tempo real realizados com o PIX significa pagar ou receber pagamentos instantaneamente, dentro de alguns segundos, a qualquer hora do dia, 24/7, 365 dias por ano

O pagamento instantâneo representa a capacidade de movimentar fundos instantaneamente, compensando a transação e creditando a conta do beneficiário com confirmação para o pagador segundos após o início do pagamento, entre pessoas, empresas e autoridades governamentais.

Para as empresas, a chegada do PIX em novembro é uma oportunidade para:

  • Atender às demandas e expectativas do cliente;
  • Impulsionar o crescimento dos negócios oferecendo soluções de pagamento 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano;
  • Substituir os sistemas legados adotando esquemas de Pagamentos Instantâneos para facilitar as transações em tempo real;
  • Usar e criar serviços de valor agregado;
  • Manter uma vantagem competitiva melhorando a velocidade das transações;
  • Reduzir os riscos de fraude no processamento de transações.

Com a antecipação do registro do PIX, os clientes podem registrar suas chaves de acesso para receber pagamentos pela nova plataforma do BACEN

A chave é um ‘apelido’ utilizado para identificar sua conta. Ela representa o endereço da sua conta no Pix. Na prática, a chave vincula as informações que identificam a conta transacional do cliente (identificação da instituição financeira ou de pagamento, número da agência, número da conta e tipo de conta).

Os quatro tipos de chaves Pix que você pode utilizar são:

  • CPF/CNPJ;
  • E-mail;
  • Número de telefone celular; 
  • Chave aleatória.

De acordo com o Banco Central, não é necessário cadastrar uma chave para fazer ou receber um Pix. No entanto, o cadastramento da chave é altamente recomendável para receber um Pix. 

Ainda que você possa receber transações apenas informando os dados da sua conta, essa forma não tem a mesma praticidade que o uso da chave possibilita e pode gerar demora na iniciação da transação, diminuindo o benefício do pagador em fazer um Pix. 

Os clientes podem realizar o registro das suas chaves por meio de um dos canais de acesso da instituição financeira em que você possui conta (inclusive aplicativo instalado em seu smartphone). Para realizar o registro, você precisará confirmar a posse da chave e vinculá-la a uma conta para recebimento dos recursos.

Para confirmação da posse da chave, sua instituição enviará um código por SMS para o número de telefone celular que você quer utilizar como chave (ou para o e-mail que se quer utilizar como chave, se for o caso). 

Esse código deverá ser inserido no canal de acesso disponibilizado por sua instituição financeira ou de pagamento, mediante autenticação digital apropriada, como solicitação de senha, biometria ou reconhecimento facial, por exemplo.

O PIX chega em novembro tendo como base principal a segurança das transações

Os pagamentos instantâneos realizados pelo PIX pode realmente reduzir os custos para os bancos e clientes, diminuindo principalmente a quantidade de taxas para manter o status dos pagamentos, bem como outras atividades operacionais e de manutenção. 

A liquidação da transação em tempo real (onde cada transação é liquidada individualmente em tempo real) tem o menor risco. Isso também pode ser um grande impulsionador do aumento das transações, pois elas se tornam mais rápidas e irreversíveis. 

Junto com a importância, praticidade para os consumidores e a oferta de serviços de pagamento instantâneo, essa nova tendência exige maior segurança e prevenção de fraude mais robusta.

Os pagamentos instantâneos são um grande incentivo para finalmente otimizar a infraestrutura financeira. Como resultado, ele aumentará a segurança, o que também aumentará a precisão, reduzirá a fraude e atenderá melhor aos consumidores e bancos. 

O Banco Central do Brasil também espera ver com a chegada do PIX a modernização da infraestrutura de pagamento, por isso deve cada vez mais incentivar o uso dos pagamentos instantâneos.

A solução EVALCryptoPIX atende aos requisitos de segurança e performance exigidos pelo Banco Central Brasileiro (BACEN)

Para o PIX a E-VAL está fornecendo solução completa para a assinatura digital, desde o software de assinatura digital e verificação, como também os certificados digitais exigidos na comunicação e o HSM que o Banco Central recomenda o uso.

A E-VALCrypto PIX (Sistema de Pagamentos Instantâneos) é uma solução de assinatura digital que garante a segurança e a validade jurídica nos processos de transações financeiras, aderente aos requisitos do Banco Central.

A solução atende a camada de segurança necessária definida pelo Banco Central, para garantir a troca de mensagens dentro da Rede do Sistema Nacional Financeiro e outros sistemas relacionados.

Além disso, a solução E-VALCrypto PIX oferece alto desempenho e disponibilidade que é essencial para o funcionamento do PIX. O ecossistema é capaz de oferecer um modelo de meio de pagamento mais rápido, com custos menores e acessíveis. 

As nossas principais características do E-VALCrypto PIX para atender aos requisitos definidos pelo sistema de pagamento instantâneo do BACEN:

  • Alta Escabilidade e Elasticidades: Solução CryptoPIX usa a nuvem em conjunto com o HSM Thales, para assegurar escabilidade com segurança;
  • Alta Segurança: Hardware de criptografia “state of the art”;
  • Alta Disponibilidade: Solução desenhada para estar disponível 24x7x365;
  • Implementação Rápida: Integração Fácil baseada em APIs;
  • Alta Velocidade: Solução Otimizada para Pagamento Instantâneo.

Sobre a E-VAL Tecnologia

A E-VAL Tecnologia atua há mais de 15 anos oferecendo soluções de segurança da informação para o mercado, pioneira em iniciativas no uso da certificação digital no Brasil, tais como, SPB, COMPE, Autenticação, Assinatura digital de contratos, Gerenciamento de Chaves e Proteção de dados e armazenamento de chaves criptográficas para os segmentos de instituições financeiras, educação e indústria.

Fale conosco, os especialistas da E-VAL Tecnologia terão o maior prazer em atendê-los, contribuindo para o desenvolvimento dos seus projetos e a melhoria contínua da segurança da informação para a sua instituição.

Siga-nos nas redes sociais:
error

Gostou do blog? Compartilhe já :D