0
1
0
1
1
0
1
0

Assinatura Digital, Autenticação e Criptografia. > blog > 07 dicas para manter a proteção de dados da sua empresa

07 dicas para manter a proteção de dados da sua empresa

07 dicas para manter a  proteção de dados da sua empresa

Com tantas informações importantes guardadas em ambientes virtuais, hoje é imperativo atualizar constantemente suas táticas de segurança. Quanto mais blindado o seu negócio se torna a ataques de hackers e malwares, menos chances tem de encontrar problemas. Algumas situações podem causar prejuízos financeiros e também a quebra de confiança que o cliente tem com a empresa. Seu negócio pode até sofrer ações judiciais e ser obrigado a pagar indenizações a cliente ou fornecedores envolvidos. O melhor, sempre, é estar pronto para evitar brechas. Então, confira essas 07 dicas para manter a proteção de dados da sua empresa.

  1. MANTENHA SEUS SOFTWARES ATUALIZADOS

Atualizar constantemente seus softwares pode parecer um custo alto e constante. Mas, a verdade, é que esse é um importante investimento em segurança já que versões desatualizadas podem estar vulneráveis a instalação de programas maliciosos, como aconteceu em 2016 com máquinas que tinham versões do Windows 10 e 7 instaladas.

 

  1. DÊ ATENÇÃO AOS SERVIDORES DE E-MAILS

Para se ter uma ideia, apenas no final de 2017, o ransomware Scarab foi disparado para mais de 12 milhões de contas de e-mails. Essa, inclusive, é uma das principais portas de entrada para esse tipo de ataque. Por isso, além de ter proteções extras configuradas para seus servidor de e-mails, é importante ter sempre atenção ao tipo de informação que circula nas mensagens. O ideal é transmitir o mínimo possível de dados sensíveis por e-mail, sejam internos ou externos.

 

  1. CONCEDA TREINAMENTO

Muitas vezes investimos em processos e ferramentas e esquecemos das pessoas. Portanto para prevenir ataques através de e-mails é necessário oferecer treinamento adequado para que seus colaboradores e fornecedores. Assim, eles ficam treinados para identificar links maliciosos e pedidos indevidos de envio de dados que podem comprometer a segurança de todos. Treinamento, muitas vezes, é o investimento mais barato e rápido que se pode fazer quando o assunto é cibersegurança.

 

  1. PROTEJA A ESTRUTURA TODA

Hoje não são apenas computadores e servidores que carregam informações importantes a respeito do seu negócio e clientes. É importante também estar atento à proteção de smartphones, tablets e qualquer aparelho que possa abrir brechas de segurança.

 

  1. USE A CRIPTOGRAFIA

Dados sensíveis como números de cartão de crédito ou de documentos importantes devem ser tratados com preocupação extra. Ao criptografar essas informações, garante-se que agentes externos não consigam ler os dados, mesmo que tenha conseguido chegar a eles.

 

  1. INSTALE BARREIRAS E CRIE SENHAS FORTES

Não existe proteção demais quando o assunto é segurança da informação. Instale antivírus, firewalls e anti spam em todos os pontos necessários. Lembre-se também de criar senhas fortes, que devem, se possível, ser alteradas de tempos em tempos.

 

  1. FAÇA BACKUPS. TENHA UM PLANO DE RECUPERAÇÃO

Mesmo seguindo todas as dicas, não há total garantia que sua empresa não vá sofrer com a perda de dados. Por isso, é importante ter pronto um DRP (Disaster Recovery Plan), ou plano de recuperação de desastres. Este é um documento que contém os procedimentos que devem ser tomados caso a empresa precise se recuperar de algum problema relacionado à TI. E, claro, sempre faça backups das suas informações que, assim, poderão ser mais facilmente recuperadas. Para isso, utilize a regra 3-2-1. Ou seja, crie três backups, usando duas mídias diferentes. Um desses três deverá ser guardado em local diferente ou até mesmo na nuvem.

 

Quer mais saber mais sobre cibersegurança?

Agora que você já leu algumas dicas para aumentar a proteção de dados da sua empresa, veja quais são as principais recomendações para cibersegurança em 2018.