Notícias e Eventos

Gemalto e Thales: liderança global em segurança digital

O grupo francês de tecnologia Thales Group adquiriu em 2017 a empresa de segurança digital holandesa Gemalto. A operação foi realizada pelo valor de € 4,8 bilhões.

A fusão cria uma organização de 80 mil pessoas em 68 países, focada em segurança cibernética e identidade digital, com receitas projetadas de € 19 bilhões e pesquisa e desenvolvimento de € 1 bilhão por ano.

Com o acréscimo das tecnologias e do talento da Gemalto, espera-se que a Thales lide com desafios como gerenciamento de tráfego aéreo não-tripulado, segurança cibernética de dados e de rede, segurança nos aeroportos e segurança nas transações financeiras.

O que Gemalto e Thales têm em comum? A parceria de negócios com a E-VAL! Assim, no final, todos só têm a ganhar com essa poderosa fusão.

Uma posição de liderança global em identidade e segurança digital

Adquirindo a Gemalto, a Thales cobre toda a cadeia de decisão crítica nesse mundo cada vez mais conectado e vulnerável. Dessa forma, conta com capacidades que abrangem desenvolvimento de software, processamento de dados, suporte a decisões em tempo real, conectividade e gerenciamento de rede de ponta a ponta.

Com a conclusão da compra, a Thales passa a reunir um amplo portfólio de identidades digitais e ofertas de segurança baseadas em tecnologias como, por exemplo, biometria, proteção de dados e segurança cibernética.

Isso fornece uma estratégia perfeita aos clientes. Afinal ela inclui provedores de infraestrutura crítica, como bancos, operadoras de telecomunicações, agências governamentais, concessionárias e outros setores. Assim, enfrenta os desafios de identificar pessoas e objetos e manter os dados seguros.

Para a Gemalto, um marco histórico em sua trajetória de sucesso

Com a Gemalto, líder global em identificação digital e proteção de dados, a Thales faz uma ótima aquisição. Pois, trata-se de um conjunto de tecnologias e competências complementares com aplicativos em mercados verticais. Estes mercados foram redefinidos como aeroespacial, espacial, transporte terrestre, identidade digital, defesa e segurança.

Para a holandesa Gemalto, essa fusão representa um marco histórico em sua trajetória de sucesso. Afinal, são tecnologias inteligentes que ajudam as pessoas a fazer as melhores escolhas em momentos decisivos.

A aquisição é um marco para os 80 mil funcionários do grupo. Visto que juntos eles criam uma gigante em identidade digital e segurança com capacidade de competir nas grandes operações de negócios em todo o mundo.

Dessa forma, a Gemalto formará uma nova divisão de identidade digital e segurança da Thales. O negócio continuará a ter como alvo bancos, operadoras de telecomunicações, agências governamentais e provedores de serviços públicos.

O processo de fusão das empresas foi um desafio

Além de toda a negociação que envolve valores de compra e ações, a Thales teve que eliminar vários obstáculos regulatórios antes de finalmente concluir o negócio. Ao comprar a Gemalto, ela aumenta sua receita global e sua presença na América Latina, América do Norte e Ásia.

A aquisição só foi autorizada depois que a Thales concordou em vender o nCipher. Trata-se do seu negócio de módulo de segurança de hardware (HSM) de propósito geral. A venda foi realizada à empresa de tecnologia de identidade e transações confiadas Entrust Datacard.

O nCipher foi adquirido pela Thales em 2008. Porém agora, várias agências antitruste, incluindo a Comissão Europeia (CE) foram contra a aquisição da Gemalto. Porque, de acordo com a alegação, a compra criaria um monopólio de mercado de HSM de uso geral.

A CE considerou que a concentração proposta poderia levar a quotas combinadas muito elevadas. Isto eliminaria as restrições concorrenciais que Thales e Gemalto exercem entre si no mercado de HSM para fins gerais.

Ao final, com a venda do nCipher, a aquisição da Gemalto foi aprovada pela CE e pela Comissão de Comércio da Nova Zelândia. Em setembro do ano passado, a fusão também foi autorizada pelo Comitê de Investimentos Estrangeiros dos Estados Unidos. Canadá, China, Israel e Turquia já haviam aprovado a conclusão do negócio.

Qual é o impacto desta aquisição para a E-VAL

A Thales planeja expandir suas operações nas cinco regiões do mundo, aumentando sua força de trabalho na América Latina para 2.500 pessoas; triplicando sua presença no norte e sudeste da Ásia para 1.980 e 2.500, respectivamente; expandindo seu pessoal na Índia de 400 para 1.150; e reforçando a América do Norte de 4.600 para 6.660.

Com a fusão e toda essa previsão de crescimento, vem a seguinte pergunta: qual é o impacto dessa mudança para a E-VAL?

Caso você não saiba, a E-VAL é parceira oficial de ambas. Assim, através desta parceria, oferecemos aos nossos clientes tecnologia e soluções de segurança cibernética e identidade digital de última geração.

Por fim, com a fusão desses parceiros tecnológicos, quem têm a ganhar são os nossos clientes. Afinal elas se tornam mais fortes, resultando em um crescimento exponencial para o desenvolvimento de novos produtos e serviços.

Se você já é um cliente da E-VAL, não se preocupe! A convergência entre Gemalto e Thales nos torna ainda mais fortes no desenvolvimento de soluções ligadas a proteção de dados, assinatura digital, autenticação e criptografia.

O que você pensa a respeito dessa fusão? Fale conosco, nossa equipe está a disposição para esclarecer suas dúvidas!

E-VAL Tecnologia, uma empresa do Grupo E-VAL

A E-VAL Tecnologia atua há mais de 14 anos oferecendo soluções de segurança da informação para o mercado, pioneira em iniciativas no uso da certificação digital no Brasil, tais como, SPB, COMPE, Autenticação, Assinatura digital de contratos, Gerenciamento de Chaves e Proteção de dados e armazenamento de chaves criptográficas para os seguimentos de bancos, educação e indústria.

Fale conosco, os especialistas da E-VAL Tecnologia terão o maior prazer em atendê-los, contribuindo para o desenvolvimento dos seus projetos e a melhoria contínua da segurança da informação para a sua instituição.

Siga-nos nas redes sociais:
error

Gostou do blog? Compartilhe já :D