Proteção de Dados

Smart Grid: o que os gerentes de TI devem saber

Uma Smart Grid ou rede elétrica inteligente é basicamente uma rede de energia que usa tecnologias de Internet para permitir a comunicação bidirecional, coordenação e controle. 

A visão de uma Smart Grid começa com a sobreposição de uma rede de informações, cada vez mais baseada em IP, aos elementos de conexão da rede elétrica existente. 

A longo prazo, a Smart Grid incluirá a reformulação da arquitetura da geração e distribuição de energia para tornar a rede elétrica mais descentralizada, resiliente, segura e responsiva à demanda do consumidor e ao fornecimento de serviços públicos.

Arquitetonicamente semelhante à Internet, a Smart Grid é hierárquica e possui pontos de demarcação claros. As concessionárias de energia executam a geração e os links interestaduais da rede, equivalente ao backbone de um ISP (provedor de serviços de Internet). 

Dentro de uma área metropolitana ou vizinhança, os serviços públicos locais executam uma rede de área de bairro (NAN), equivalente a uma rede de área metropolitana (MAN). A Smart Grid alcança residências e empresas individuais por meio da infraestrutura de medição avançada , que é como uma rede DSL de um ISP local – a última milha para o “medidor inteligente”. 

Dentro de um edifício ou casa, os consumidores e empresas administram uma rede doméstica ou sistema de automação predial , que é o equivalente à rede elétrica inteligente de uma rede local (LAN). O medidor inteligente também atua como ponto de terminação de rede ou roteador de entrada, uma demarcação entre a rede da concessionária e a rede doméstica ou sistema de automação predial.

A interface entre sua rede de automação predial e a alimentação da concessionária será inteligente. Isso traz enormes oportunidades de automação, bem como graves desafios de gerenciamento e segurança.

O que os gerentes de TI devem saber sobre Smart Grid? 

A introdução do IP coincide com a fusão de instalações e organizações de TI. As empresas estão adicionando automação aos edifícios e as redes resultantes são cada vez mais administradas pelo departamento de TI. 

A rede de automação predial conectada a uma Smart Grid está rapidamente se tornando um aplicativo baseado em rede executado em uma LAN convergente, assim como as redes de voz começaram a convergir para redes de dados há uma década. 

Resumindo, a automação predial será um aplicativo que você deverá suportar em sua rede no futuro. Tal como acontece com a voz, este novo aplicativo de rede apresentará problemas de gerenciamento, qualidade de serviço ( QoS ) e segurança exclusivos.

Por exemplo, a automação predial afeta diretamente o espaço físico em nossos escritórios, criando desafios de gerenciamento únicos, e os sistemas devem ser protegidos contra o acesso não autorizado a um prédio ou sala. 

Mas, mesmo sem interferência maliciosa, precisamos garantir que os futuros sistemas de automação de edifícios e as Smart Grids sejam tão confiáveis ​​quanto os sistemas atuais. Um interruptor de luz “inteligente” deve acender a luz instantaneamente e todas as vezes, assim como um telefone de voz sobre IP ( VoIP ) deve fornecer um tom de discagem, instantaneamente e todas as vezes. 

A lição do VoIP foi que os sistemas mecânicos são inerentemente mais confiáveis ​​e não é simples atingir o mesmo nível de resiliência e qualidade com um sistema computadorizado.

A Smart Grid fornecerá atualizações de preços e estatísticas quase em tempo real sobre o uso geral de energia

Em nosso exemplo, a automação predial conectada a uma Smart Grid permitirá que você controle a claraboia, persianas, luzes, aberturas e até plantas de microgeração de energia, como painéis solares, células de combustível e geradores a diesel. 

Isso pode permitir o ajuste do consumo de energia e os padrões de geração local em resposta aos preços e também pode oferecer às organizações a possibilidade de vender energia de volta à rede. 

As empresas também podem ser avisadas sobre problemas iminentes de qualidade de energia (como quedas de energia, picos, escassez de fornecimento e apagões) e ajustar o uso ou distribuição de energia para priorizar sistemas críticos ou desconectar dispositivos sensíveis a picos.

Gerenciar e proteger essa nova rede exigirá novas habilidades, novo hardware e novo software. Também exigirá novos tipos de firewalls, proteções de negação de serviço e políticas de segurança.

A Smart Grid se estenderá à sua rede, trazendo novas oportunidades e novos desafios. Para preparar seu negócio para o smart grid, você deve começar com a convergência organizacional entre TI e instalações, seguida pela convergência de dados entre redes de TI e sistemas de automação predial.

E-VAL e Thales juntos para garantir a proteção das Smart Grids

Em um momento em que as concessionárias de energia desempenham um papel cada vez mais importante em nossa vida cotidiana, as tecnologias de rede inteligente, incluindo aquelas que aproveitam a  Internet das Coisas  (IoT), apresentam novos desafios de segurança da rede inteligente que devem ser enfrentados.

A implementação de uma rede inteligente sem a segurança adequada de infraestrutura de medição avançada pode resultar em instabilidade da rede, perda de informações privadas, fraude de serviços públicos e acesso não autorizado aos dados de consumo de energia. 

Sem a segurança adequada, os benefícios da energia baseada em IoT, como comunicação confiável por direcional entre aplicativos e dispositivos, bem como coleta segura de informações para análises precisas de big data, não seriam realizados. Fabricantes de equipamentos de segurança eficazes, consumidores e fornecedores de serviços públicos com a confiança para alavancar o poder da IoT.

Construir uma rede inteligente confiável e segura exigirá  soluções robustas de  segurança de rede inteligente que possam ser facilmente implantadas nas camadas de comunicação e aplicação da infraestrutura de rede inteligente.

As áreas onde a proteção da rede inteligente é crítica incluem:

  • Fabricação de dispositivos;
  • Comunicações seguras;
  • Dispositivos e aplicativos da Internet das Coisas (IoT);
  • Atualizações de firmware em campo e provisionamento;
  • Autenticação de dispositivo;
  • Gerenciamento seguro do medidor;
  • Proteção da integridade e privacidade dos dados.

A importância da segurança de rede inteligente com PKI e HSMs

As soluções de segurança de rede inteligente devem ser capazes de implantar em grande escala, com efeito mínimo nos aplicativos. A proteção da rede inteligente na camada de comunicação exigirá um sistema para identificar os medidores conectados, para verificar se esses medidores estão configurados corretamente e para validar esses medidores para acesso à rede.

A solução recomendada para este processo de autenticação é um modelo baseado em identidade, geralmente uma infraestrutura de chave pública (PKI). As PKIs são ideais para implantações de segurança em grande escala que exigem um alto nível de segurança com impacto mínimo no desempenho.

Em um ambiente de PKI, é essencial que as chaves privadas e os certificados sejam protegidos com uma solução confiável de gerenciamento de chaves que proteja contra ameaças de dados em constante evolução, como módulos de segurança de hardware (HSMs).

Os Módulos de Segurança de Hardware da Thales fornecem o mais alto nível de segurança, sempre armazenando chaves criptográficas no hardware. Os HSMs da Thales fornecem uma base de criptografia segura, já que as chaves nunca deixam o dispositivo validado por FIPS, resistente a intrusões e inviolável. 

Como todas as operações criptográficas ocorrem dentro do HSM, fortes controles de acesso evitam que usuários não autorizados acessem material criptográfico confidencial. 

Além disso, a Thales também implementa operações que tornam a implantação de HSMs seguros o mais fácil possível, e nossos HSMs são integrados ao Thales Crypto Command Center para particionamento, relatório e monitoramento de recursos criptográficos rápidos e fáceis.

Saiba mais sobre o uso do HSM aplicado a tecnologia Smart Grid através dos especialistas da E-VAL e saiba como aplicar os recursos de criptografia de forma eficaz em sua rede elétrica inteligente. Estamos à disposição para tirar suas dúvidas e ajudar a definir as melhores formas de tornar sua rede inteligente e confiável.

Sobre a E-VAL Tecnologia

A E-VAL Tecnologia atua há mais de 15 anos oferecendo soluções de segurança da informação para o mercado, pioneira em iniciativas no uso da certificação digital no Brasil, tais como, SPB, COMPE, Autenticação, Assinatura digital de contratos, Gerenciamento de Chaves e Proteção de dados e armazenamento de chaves criptográficas para os segmentos de instituições financeiras, educação e indústria.

Siga-nos nas redes sociais:
error

Gostou do blog? Compartilhe já :D